7 itens importantes para SEO on page: faça do jeito certo

itens-importantes-para-seo-on-page

Para conquistar relevância nos resultados de busca do Google, você precisa colocar em prática alguns itens importantes para SEO on page.

SEO on page são todas as ações realizadas na página de um site ou blog. O conjunto de melhorias, quando aplicado corretamente, ajuda a otimizar o conteúdo nos resultados do Google, um dos maiores buscadores do mundo.

A organização de um conteúdo em títulos e subtítulos, o uso de palavras-chave e a escolha de imagens que tenham relação com o conteúdo descrito na página são alguns exemplos de itens importantes para SEO on page.

Trabalhar com SEO pode até ser um desafio para algumas empresas, mas o fato é que esta estratégia traz muito retorno. Isso porque, de forma orgânica, é possível atrair usuários em diferentes estágios de consumo, preparando-os para uma compra assertiva e bem-feita.

 

Quais itens importantes para SEO On page você deve aplicar no site da sua empresa?

O Google não para de fazer atualizações no seu processo de otimização de páginas, por isso é importante ficarmos atentos a cada mudança para aplicá-las rapidamente nos conteúdos que foram e nos que serão publicados.

Ao mesmo tempo, certas regras de SEO on page não saem do radar do Google, como se fossem uma lição de casa básica. E é sobre elas que vamos falar. Confira as dicas:

 

1 – Uso de palavras-chave

O uso de palavras-chave é uma das estratégias mais importantes de SEO. Ao identificar aquelas que são mais buscadas pelos usuários e que tenham relação com o produto ou serviço que a sua empresa oferece, é necessário utilizar esses termos nos conteúdos do site e na produção de textos para blog e outras comunicações relevantes para atrair potenciais clientes.

 

2 – Organização do conteúdo

A arquitetura da informação também merece atenção numa estratégia de SEO on page. Mais do que escrever o conteúdo é preciso estruturá-lo corretamente em parágrafos, títulos e subtítulos. Quanto mais organizado (e bem escrito) estiver o seu conteúdo, mais valor ele terá para o Google, que se encarregará de dar o destaque necessário para ele seja encontrado pelos usuários.

LEIA MAIS: Técnicas de SEO: 7 erros que você precisa evitar

 

3 – Valorize a linkagem interna

Na hora de planejar os conteúdos de um blog, é importante que ele se relacione com outros já publicados, de forma que o usuário possa dar continuidade à sua leitura e aprofunde os conhecimentos, até que tenha embasamento para tomar a decisão de compra. Para fazer esta conexão entre os conteúdos existe a linkagem interna, que pode ser colocada em determinada palavra ou expressão ou com o CTA “Leia mais”. Esta estratégia, além de ajudar o leitor a navegar pelo blog, pode baixar a taxa de rejeição.

seo-on-page

 

4 – Nomeie corretamente as imagens

As imagens que você seleciona para ilustrar os textos também são itens importantes para SEO on page. Elas precisam ter relação com o conteúdo desenvolvido e serem nomeadas para que os robôs do Google as reconheçam. O “Alt” das imagens precisa conter a palavra-chave, desta forma podem ser posicionadas nos resultados de busca, fazendo com que os usuários localizem o conteúdo que você produziu para a sua empresa por meio do link do blog ou da imagem. 

LEIA TAMBÉM: 10 ferramentas de SEO para melhorar a performance do seu site

 

5 – Cuidado na hora de escrever

Erros de ortografia e concordância jogam contra a qualidade do seu conteúdo, por isso é tão importante revisar antes de publicar. Outros pontos importantes são a riqueza do texto e o zelo com a criatividade. Copiar artigos já publicados em outras páginas é plágio, considerado um crime, além de resultar em punições do Google.

 

6 – Fique atento às URLs

As URLs são os endereços das páginas do site da sua empresa. De acordo com as regras de SEO on page, elas precisam ser amigáveis, para facilitar o trabalho dos robôs do Google. Isso quer dizer que estes links precisam conter as palavras-chave e uma organização, de forma que o usuário também possa ler e entender o caminho percorrido para chegar naquela página. Para evitar problemas no ranqueamento do Google, as URLs não devem conter caracteres especiais ou sequências numéricas.

CONTINUE LENDO:  A busca orgânica do Google pode fazer seu negócio decolar

 

7 – O HTML também merece atenção

O código HTML fica por trás das páginas que aparecem para o usuário, mas é ele que determina boa parte – ou toda – a estética do site. Por isso, ele precisa ser organizado com capricho e zelo. Informações que não aparecem para os usuários, mas que são essenciais para os robôs do Google, como Title (título da página) e Description (sobre o que fala a página), não podem ser esquecidas para as suas páginas tenham mais chances de serem lidas e posicionadas.

Assim como qualquer ação de marketing realizada, o SEO on page precisa de planejamento e conhecimento para executar tudo de forma correta. Se você precisa de ajuda, venha fazer uma consultoria de marketing digital com a gente! Identificaremos os seus objetivos e construiremos um projeto para ajudar a sua empresa a obter os melhores resultados!

Nós, da Leelah, temos profissionais especializados em diferentes estratégias de marketing digital e cases de sucesso que mostram alguns resultados que obtivemos.

Espero que você tenha gostado do nosso artigo. Sinta-se à vontade para deixar suas dúvidas e sugestões nos comentários e compartilhar nosso conteúdo em suas redes sociais, ok?

Leia Também

Não fique para trás, mantenha-se atualizado sobre o universo digital

Agende uma reunião e conte seus objetivos

Nossos consultores irão mostrar como levar sua estratégia digital ao próximo nível.