2019 está terminando, mas algo ainda me incomoda…

imagem aérea de pessoas sentadas em uma mesa e palavras relacionadas a marketing digital dispostos no centro.

Marketing Digital não é uma coisa do outro mundo, muito menos algo diferente do marketing como conhecemos desde o surgimento da necessidade de criar comunicações ou propagandas que chamassem atenção do consumidor para um produto ou serviço.

Uma coisa precisa ficar mais clara: marketing, seja no mundo offline, seja no mundo digital, é marketing. A única coisa que mudou é a forma e o meio. Agora é na internet também.

Costumo fazer um exercício bastante simples com meus clientes e prospects durante a apresentação de nossos serviços. Levo a pessoa a fazer um paralelo entre o que é o marketing tradicional e o marketing digital da seguinte forma:

  1. Fachada de uma loja ou comércio = Cara do seu site ou loja virtual
  2. Folheto entregue na caixa de correio = Anúncio de rede social
  3. Degustação de um produto ou serviço = Entrega de um eBook ou vídeo
  4. Anúncio em páginas amarelos ou similar = Anunciar no Google Ads
  5. Atendimento diferenciado ao cliente = Chat ou WhatsApp com alguém preparado

Vamos concordar que hoje existe o tal do marketing digital e o marketing tradicional que são coisas iguais e muito em breve serão tratadas como tal, apenas marketing.

 

Marketing feito através da internet é ótimo, desde que bem-feito!

Não existe mais dúvidas de que campanhas de anúncios bem-feitas, artigos esclarecedores e bem escritos além de publicações nas redes sociais bem segmentadas trazem um ótimo retorno.

Devo chamar sua atenção para algo importante e que, nesses mais de 10 anos trabalhando com marketing online e offline, vejo acontecer com muita frequência: não são todos os canais digitais que serão úteis para o seu negócio.

Isso mesmo! Não saia como louco(a) criando perfis em todas as redes sociais, criando site e anúncios em todos as plataformas. Calma!

O primeiro passo antes de qualquer coisa é entender quem é o público que você deseja atender. Com certeza ele não utiliza todos os canais digitais para buscar pelos seus serviços. Dependendo da faixa etária, por exemplo, o Facebook será um ótimo caminho, ou não, pois os mais jovens já estão migrando para o TikTok.

Ou seja, anunciar no Facebook para um público mais jovem pode ser um desperdício de dinheiro e tempo. Veja bem: talvez.

Outro ponto importante de se observar é a necessidade de um site para profissionais liberais por exemplo. O que vale mais é o trabalho de rede social utilizando a própria imagem para promover os serviços. Usando, para isso, o dia a dia no trabalho, compartilhando casos de sucesso, dando dicas e até ensinando o público como fazer isso ou aquilo.

Aqui na Leelah nos preocupamos em entender quais os objetivos de cada projeto, entender o comportamento de quem consome o produto ou serviço. E, a partir desse ponto, definir a estratégia digital que será aplicada.

Para finalizar, fixe bem o conceito de que marketing digital não é diferente do marketing tradicional. Ele é o bom e velho marketing sendo feito em um ambiente diferente, na internet.

Caso tenha alguma dúvida, por favor, deixe um comentário ou dúvida que terei o maior prazer em responder. 🙂

Grande abraço

Leia Também

Não fique para trás, mantenha-se atualizado sobre o universo digital

Agende uma reunião e conte seus objetivos

Nossos consultores irão mostrar como levar sua estratégia digital ao próximo nível.