Pare de desperdiçar o conteúdo que sua empresa já produziu! Faça uma reotimização!

placa com as palavras content marketing escritas em giz

Vamos começar este artigo que fala sobre reotimização com um diálogo retirado do clássico Alice no País das Maravilhas:

Alice: Eu só queria saber que caminho tomar.
Gato Cheshire: Ora, isso depende do lugar onde você quer ir.
Alice: Ora, isso realmente não importa.
Gato Cheshire: Então não importa que caminho tomar.

Este diálogo é bastante usado para motivar as pessoas e levá-las à reflexão. E serve também para introduzir este artigo sobre conteúdo.

Vou explicar: vejo muitas empresas produzem um número gigantesco de conteúdos por dia para blogs e redes sociais, mas sem ao menos entender exatamente para que eles servem e de que forma trarão resultados de venda.

Ora, conteúdo sem propósito é perda de tempo e dinheiro!

LEIA MAIS: Aposte no marketing de conteúdo para transformar o seu negócio

A criação de qualquer tipo de conteúdo precisa seguir uma estratégia previamente definida. Antes de estabelecer quantidades e tamanhos de textos, é preciso levar em consideração cinco pontos importantes:

1 – Qual o objetivo?
O conteúdo desenvolvido por qualquer empresa precisa ter um objetivo (apresentar um problema, educar, preparar para a venda, fidelizar etc.).

2 – Quem vai ler?
Para que o texto escrito pela sua equipe, por você ou por uma equipe terceirizada atinja os objetivos é preciso que ele tenha foco no público que precisa do produto ou serviço que a sua empresa oferece.

3 – Qual o assunto?
Que tipo de problema o seu produto ou serviço faz? Essa resposta vai nortear os assuntos a serem abordados nos conteúdos. Por meio de uma pesquisa de palavras-chave, é possível identificar os termos mais usados pelo público que você quer atingir e usá-los para desenvolver os temas e os conteúdos.

4 – Qual a linha editorial?
Definido o público a ser atingido, fica mais simples saber qual linha editorial seguir. Será necessário utilizar uma linguagem mais técnica ou mais simplificada? Este público é atraído por textos mais sérios ou mais descolados?

5 – Onde será publicado?
Antes de começar a digitar as primeiras palavras, pesquise as formas como este público terá acesso ao conteúdo que sua empresa vai desenvolver: Facebook, Instagram, Linkedin, Twitter, blog, ebook, entre outros. Cada um pede um tamanho e uma linguagem diferente.

Sem uma pesquisa assertiva a respeito desses cinco pontos, seu conteúdo corre o sério risco de não atingir o objetivo, que é vender!

 

Minha empresa já produziu um monte de conteúdo sem estratégia. E agora?

pinos representando pessoas desorganizadas de lado esquerdo e organizadas do lado direito.

Calma, tudo tem solução. Será necessário fazer uma reotimização de conteúdo. Vou deixar algumas orientações para você:

Faça um inventário

Que tipo de conteúdo você já produziu? Faça uma planilha com os títulos, assuntos abordados, datas de publicação e as plataformas onde foram publicados. Dessa forma, fica mais fácil saber a quantidade de material e a linha editorial seguida.

Separe os conteúdos de acordo com o funil de vendas

No marketing de conteúdo existe o chamado funil de vendas, constituído por topo, meio e fundo de funil. O topo de funil apresenta o problema para o consumidor; o meio aprofunda o assunto e prepara o consumidor para a venda; e o fundo de funil explica como o seu produto ou serviço pode ser a solução para o problema do consumidor. Use este conceito para organizar o conteúdo já criado.

Localize (ou defina) as palavras de SEO dos textos

A otimização é essencial para que o conteúdo seja republicado e atinja o público de maneira mais estratégica. Nessa hora é preciso lembrar que provavelmente será necessário reescrever parte do texto e incluir palavras-chave para melhorar o posicionamento nos resultados do Google.

Veja quais conteúdos podem render materiais ricos

Em muitos casos, os textos podem ser transformados em materiais interessantes para captação de leads, como infográficos e ebooks. Veja quais assuntos apresentam este perfil e separe-os para formatá-los de maneiras variadas.

Faça um cronograma de publicação

Agora é hora de repostar o conteúdo. Defina uma periodicidade para republicar os textos otimizados e aproveite as redes sociais para trabalhar os assuntos de diferentes formatos e convidar as pessoas a conhecerem o blog para saber mais.

Pronto! Agora é só reorganizar a estratégia, reotimizar os textos e mensurar os resultados.

Precisa de ajuda para reavaliar o conteúdo e definir as estratégias? Faça uma consultoria com a gente! Temos uma equipe pronta para ajudar você!

E sinta-se à vontade para deixar suas dúvidas e sugestões nos comentários e compartilhar nosso conteúdo em suas redes sociais, ok?

Até o próximo artigo!

Leia Também

Não fique para trás, mantenha-se atualizado sobre o universo digital

Agende uma reunião e conte seus objetivos

Nossos consultores irão mostrar como levar sua estratégia digital ao próximo nível.