(11) 4116-2260 [email protected]

Como uma microempresa pode investir em marketing digital?

por | 18 mar, 2021 | Dicas de Marketing Digital

Reservar uma verba para investir em marketing digital é regra básica para qualquer negócio, inclusive para uma microempresa.

Se você já fincou a sua bandeira na internet, ótimo! Continue trabalhando para conquistar cada vez mais visibilidade. Porém, se você ainda não deu o primeiro passo, o momento para virar este jogo é agora!

A quantidade de pessoas conectadas na internet aumenta a cada dia e é nesta imensa rede que elas procuram pelos produtos e serviços que precisam. Pelo desktop ou, principalmente, pelo celular, bastam alguns cliques para que tenham acesso a uma infinidade de oportunidades de negócios.

Por que uma microempresa deve investir em marketing digital?

Se antes as estratégias de marketing eram onerosas e só podiam ser bancadas por empresas com orçamentos robustos, o marketing digital veio democratizar este serviço, dando a oportunidade de qualquer negócio mostrar suas soluções para um número cada vez maior de pessoas.

Ao mesmo tempo, o acesso à internet está cada vez mais fácil. Todos os dias mais e mais pessoas se conectam e descobrem produtos e serviços de empresas que estão na rua da sua casa ou do outro lado do mundo. A distância entre quem vende e quem compra está cada vez mais curta.

E você, que tem uma microempresa, precisa entender este cenário e saber como entrar neste universo para competir pela atenção do consumidor.

O orçamento pode influenciar os resultados, sim, mas se a sua microempresa tiver uma estratégia de marketing digital boa, com base em estudo de persona, mesmo com pouco dinheiro é possível conquistar bons resultados. E vamos provar isto para você!

A microempresa que investe em marketing digital conta com algumas vantagens:

  • Ganha mais visibilidade;
  • Aumenta as chances de conversão;
  • Melhora o relacionamento com os clientes;
  • Conhece melhor o comportamento do consumidor.

LEIA MAIS: Dicas de marketing digital para quem é MEI

 

Uso do marketing digital pela microempresa: por onde começar?

Dicas de Marketing Microempresa

A base de qualquer estratégia de marketing digital é o planejamento. É preciso conhecer as possíveis estratégias e entender o comportamento do público que se deseja atingir para que o plano de ação cruze as informações corretamente e traga os resultados almejados.

Não há uma receita de bolo no marketing digital, tudo vai depender do orçamento, do perfil de público, do tipo de produto ou serviço oferecido e dos objetos da empresa. As estratégias são inúmeras!

Para você que tem uma microempresa e não sabe como dar o primeiro passo, nós vamos deixar aqui quatro ações de marketing digital pagas e gratuitas que são interessantes para o seu negócio. Veja:

Anúncios segmentados

As microempresas costumam trabalhar para um perfil de consumidor bem específico. Por isso, é importante direcionar as ações para as pessoas certas. Ao investir dinheiro em anúncios você pode fazer uma segmentação de público, ou seja, definir quem terá acesso ao seu produto. Quanto mais direcionado for o seu anúncio, mais chances de conversão você terá.

SEO

Esta é uma forma orgânica, ou seja, gratuita, de aparecer nos resultados de busca. O Search Engine Optimization (SEO) corresponde a um conjunto de estratégias para que os robôs do Google possam ler o seu site e seus conteúdos e perceber valor neles. Quando uma microempresa faz seu dever de casa certinho, a tendência é ela aparecer cada vez mais nos resultados de busca dos usuários.

Blog

Esta é outra estratégia orgânica e de grande importância. Conectada com outras ações pagas ou não, o blog é um ótimo canal de conversão, pois educa o usuário a respeito de determinado produto ou serviço e o prepara para a compra. Os consumidores estão cada vez mais exigentes e precisam se sentir seguros antes de abrir a carteira. O blog permite que a microempresa ganhe autoridade na internet, por mostrar que domina o mercado onde atua, por saber como seus produtos ou serviços se conectam às necessidades dos clientes e por esclarecer por meio de conteúdos ricos as principais objeções do cliente na hora da compra.

Redes sociais

Facebook, Instagram, Linkedin (caso você trabalhe para o público B2B) e TikTok são canais que merecem a sua atenção. Calma, você não precisa estar em todas elas, apenas naquelas que vão lhe dar visibilidade e abertura para se relacionar com o público desejado. Você pode patrocinar as postagens, assim como faz com os anúncios, se mostrando para as pessoas que oferecem mais chances de se interessar pelo seu negócio.

LEIA TAMBÉM: 5 tipos de conteúdo para postar nas redes sociais

O marketing digital oferece boas oportunidades para uma microempresa e para negócios dos mais diferentes portes. Mas é importante saber para quem você está vendendo, escolher as ações certas e planejar o orçamento, sem dar tiros no escuro.

Se você precisa de ajuda para estruturar um planejamento de marketing para a sua microempresa, conte com a gente! Faremos uma  consultoria de marketing digital, identificaremos os seus objetivos e construiremos um projeto para ajudar você a vender mais!

Nós, da Leelah, temos profissionais especializados em diferentes estratégias de marketing digital e cases de sucesso que mostram alguns resultados que obtivemos.

Espero que você tenha gostado do nosso artigo sobre dicas de marketing para microempresas. Sinta-se à vontade para deixar suas dúvidas e sugestões nos comentários e compartilhar nosso conteúdo em suas redes sociais, ok?

Até o próximo artigo!


Denis Minchiotti

Denis Minchiotti

Entusiasta da internet e tecnologia e MBA em gestão de marketing. É responsável por SEO e sócio da agência Leelah.
Siga no Linkedin


0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

FALE CONOSCO