(11) 4116-2260 [email protected]

Mídia paga: como usá-la para promover seu negócio na internet?

por | 5 mar, 2020 | Campanhas Digitais

Quando se fala em mídia paga, logo vem à mente os anúncios de produtos e serviços que são vistos nos resultados de pesquisa do Google. Mas esta estratégia de marketing digital não se limita ao maior buscador do mundo!

Existe uma série de canais de mídia paga na internet que você pode explorar e atingir diferentes públicos que tenham interesse no que a sua empresa está oferecendo.

Inclusive, é muito importante que a agência de marketing digital e a empresa definam mais de uma frente de trabalho para mídia paga. Dessa forma, é possível fazer diferentes segmentações e atingir públicos potenciais que acessam diferentes plataformas.

A conquista de novos clientes e as vendas de produtos e serviços são resultados de um conjunto de estratégias de marketing digital. Sendo assim, apostar todas as fichas em apenas um canal é fruto de um planejamento mal estruturado, além de ser muito arriscado financeiramente falando.

LEIA MAIS: 7 dicas para montar uma campanha no Google Ads do zero

 

Como definir as estratégias de mídia paga?

A primeira coisa antes de definir qualquer estratégia de marketing digital é:

1 – Ter total conhecimento das soluções oferecidas pelos produtos e serviços;
2 – Dominar o segmento do mercado de atuação e a concorrência;
3 – Identificar o público a ser atingido

Com essas informações bem definidas, agência de marketing digital e empresa vão definir os canais de mídia paga que estes públicos mais acessam e definir quais serão as melhores ações para chamar a atenção dos potenciais clientes.

Depois, chega a hora de realizar testes nas plataformas e mensurar os resultados de maneira periódica, para entender como anda a performance de cada anúncio e de cada canal.

Dois dos grandes segredos para fazer ema estratégia de mídia paga dar certo são:
1 – Definir os indicadores
2 – Mensurar de maneira periódica.

Não adianta montar o anúncio e não acompanhar. Às vezes uma mudança de gatilho mental, de segmentação ou de palavra-chave pode transformar os resultados da captura de leads e das vendas. Por este motivo você nunca (nunca mesmo!) pode abandonar seus anúncios.

 

6 canais de mídia paga para sua empresa explorar

Como dissemos logo no começo deste artigo, os anúncios criados a partir da plataforma Google Ads (links patrocinados, remarketing, rede de displays, entre outros) são os mais conhecidos. Mas isso não quer dizer que esta seja a única plataforma que existe ou que só ela dê resultados.
Conheça outras plataformas que sua empresa pode usar para investir em mídia paga:

 

Facebook Ads

A plataforma permite uma segmentação bem interessante com base em tendências e comportamentos. Lembrando que você pode tanto patrocinar os posts de conteúdo que a sua agência de marketing digital desenvolve ou criar uma campanha específica de anúncios. Os anúncios podem ser em formatos diversos: imagem, vídeo, multimídia, carrossel, experiência instantânea e coleção (estes dois fica bem legais para mobile, pois o cliente clica no anúncio e este abre uma tela cheia).
LEIA TAMBÉM: Como funciona o lookalike do Facebook?

 

Linkedin Ads

Esta é a plataforma mais interessante para as empresas que investem no B2B, uma vez que esta rede social é bem voltada para o universo profissional. São pelo menos quatro opções de anúncios: Sponsored Content (conteúdos na timeline do usuário), Dynamic Ads (anúncios personalizados de acordo com o perfil do público que sua empresa deseja atrair), Text Ads (anúncios que aparecem nas barras laterais) e Sponsored InMail (anúncios enviados diretamente para a caixa de entrada do potencial cliente).

 

Instagram Ads

Para investir na mídia paga do Instagram, basta usar anúncios que acompanhem o formato da plataforma, ou seja, com imagens ou vídeos. A criação e controle da plataforma são feitos pelo Gerenciador de Anúncios do Facebook.

 

Pinterest Ads

O Pinterest é muitas vezes renegado pelas empresas, que veem a plataforma apenas como uma infinidade de álbuns de fotos que descrevem os gostos e desejos de consumo dos usuários. Mas é justamente por isso que vale a pena investir! Caprichando no visual dos seus anúncios, você pode ajudar os usuários a concretizarem seus desejos de compra.

 

YouTube Ads

Sabe aqueles vídeos que são exibidos antes ou durante o vídeo que o usuário escolheu para assistir? São os anúncios do YouTube! Você pode gerenciar este tipo de anúncio pelo Google Ads e direcioná-lo para o canal de vídeos da sua empresa na rede social, landing page para captação de leads ou diretamente na página de vendas. Não existe um tempo de duração máxima para os vídeos, mas lembre-se o YouTube permite que o usuário pule o seu anúncio depois de cinco segundos.

 

Native Ads

Esse tipo de estratégia de marketing digital é inserido na página do site, blog ou portal, ao final do conteúdo que está sendo exibido. Em formato de vídeo, texto, post ou outro que se enquadre na página onde está inserido, os native ads não atrapalham a navegação do usuário e aparecem quando o assunto que está sendo lido pelo cliente está alinhado com a estratégia definida pelo native ads.

Da mesma maneira que não é bom apostar todas as fichas em apenas uma plataforma, investir em todos, sem o menor crivo, também não é correto. Lembre-se sempre: marketing digital é estratégia, é planejamento. Antes da prática é preciso estudar bem para evitar perdas de tempo e dinheiro.

Ficou com dúvidas e precisa de ajuda? Venha falar conosco! Nós, da Leelah, temos uma equipe especializada na área de mídia paga e cases de sucesso bem bacanas para lhe mostrar. Por meio de uma consultoria de marketing digital, poderemos desenvolver uma campanha de anúncios eficaz e ajudar você a identificar os canais com mais potencial de vendas para a sua empresa.

Espero que você tenha gostado do nosso artigo sobre mídia paga. Sinta-se à vontade para deixar suas dúvidas e sugestões nos comentários e compartilhar nosso conteúdo em suas redes sociais, ok?

Até o próximo artigo!


Alessandra Oggioni

Alessandra Oggioni

Jornalista, consultora de marketing digital da Leelah e especialista em marketing de conteúdo e Google Adwords.
Siga no Linkedin


0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

FALE CONOSCO