5 passos para fazer análise de palavra-chave

analise-se-palavra-chave

Mesmo quem é veterano no mundo do SEO sabe que fazer análise de palavra-chave exige dedicação e atenção. Por mais que o Google mude algumas regras do jogo para organizar as informações em sua página de resultados, os conteúdos precisam partir de um ponto, seja ele um termo ou uma expressão.

Na hora de escolher o ponto de partida de cada conteúdo que será publicado no site, é preciso levar em consideração o segmento, as concorrência e as necessidades do cliente.

E há outros pontos mais focados na análise de palavra-chave que merecem uma atenção especial, independentemente se você está elaborando uma estratégia de SEO mais abrangente ou de SEO local. Vamos mostrar neste artigo cada um deles.

LEIA MAIS: Como utilizar IA para melhorar as estratégias de SEO?

 

Análise de palavra-chave: 5 pontos de atenção

Definir as palavras-chave mais importantes para uma estratégia de SEO depende de uma série de variáveis, como já mencionamos anteriormente. Cada cliente tem um objetivo e ele precisa ser cruzado com os demais tópicos que são analisados no processo.

Conheça agora cinco pontos de atenção na hora fazer uma análise de palavra-chave:

1 – Dificuldade da palavra-chave

Quando usamos ferramentas especializadas para fazer análise de palavra-chave, temos acesso ao grau de dificuldade que esse termo oferece para posicionar determinado conteúdo na SERP do Google.

Essa escala de dificuldade vai de 1 a 100. E quanto mais perto de 100, mais difícil será dessa palavra-chave conquistar um bom posicionamento.

Vale lembrar que uma conquista nas primeiras posições do Google não depende somente da palavra-chave, mas de uma série de variáveis. A autoridade de domínio do site, ou seja, a confiabilidade da página, também interfere na avaliação do Google. Uma página com uma boa autoridade de domínio aumenta as chances de posicionar seus conteúdos nos resultados do Google.

2 – Volume de busca

Outra informação essencial na hora de fazer a análise da palavra-chave é o volume de busca. Ele vai ajudar o especialista em SEO a identificar quantas pessoas em média estão interessadas em conteúdos baseados nesse termo e se ele é interessante para o negócio do cliente ou não.

Em relação ao volume de busca, é importante fazermos algumas observações:

1 – Uma palavra-chave com alto volume de busca pode resultar em mais tráfego para o seu site.

2 – Mas nem sempre alto volume de tráfego significa a atração de leads qualificados.

3 – Por isso é importante mesclar palavras-chave de alto volume com outras mais alinhadas com o negócio do cliente, mesmo que o volume não seja alto.

4 – Geralmente os termos de meio e fundo de funil não possuem um volume de busca expressivo, mas não importante para o DEO. Isso porque quem busca termos mais específicos já está em fase de consideração ou de decisão de compra.

planejamento-de-seo

3 – Analise o custo por clique (CPC)

O SEO é, sim, uma forma de conversão muito poderosa. Afinal de contas, ele atrai tráfego orgânico para o site e educa o visitante até que ele se torne um lead e, consequentemente, um cliente.

E para que este processo seja bem-sucedido, é importante identificar a capacidade de conversão que a palavra-chave possui. Assim, quanto maior o CPC dela, maiores serão as chances de o conteúdo agregar valor na hora da tomada de decisão do usuário.

 

4 – Fique de olho nas tendências

Sim, o SEO é atemporal. Mas nem por isso devemos ignorar a performance de determinados termos ao longo do tempo. O interesse das pessoas por determinada palavra-chave influencia muito nos indicadores do tráfego orgânico.

Portanto, vale a pena cruzar todos os pontos de atenção anteriores com as tendências de mercado e de comportamento do consumidor. Conteúdos temáticos orgânicos (Natal, Black Friday ou termos locais interessantes e pontuais) também ajudam muito no tráfego e no aumento de conversão.

 

5 – Observe como a palavra-chave é trabalhada pela concorrência

Se o termo que você tem interesse em trabalhar já está posicionado nos resultados do Google, procure ver como são os conteúdos dos primeiros resultados. Se eles estão bem-posicionados, significa que são qualificados de acordo com o crivo do Google e atendem às necessidades dos usuários.

Essa análise crítica vai ajudar você a definir como utilizar a palavra-chave em potencial e como tornar o conteúdo a ser desenvolvido ainda melhor do que aqueles que já estão posicionados. Esse cuidado vai direcionar o material para torná-lo mais competitivo e atrativo em relação à concorrência.

Search Engine Optimization é uma das estratégias mais poderosas e interessantes do Google. Com o estudo e o planejamento adequados, pode trazer ótimos resultados para a empresa e ser um importante suporte de vendas e reconhecimento de marca.

LEIA TAMBÉM: Por que o SEO é essencial para a construção de marca?

Se precisar de ajuda para trabalhar de maneira estratégica o SEO da sua empresa, venha fazer uma consultoria de marketing digital com a Leelah para que possamos identificar seus objetivos e construir um projeto para oferecer os melhores resultados.

Temos equipes especializadas em diferentes estratégias de marketing digital e cases de sucesso que mostram alguns resultados que obtivemos.

Espero que você tenha gostado do nosso artigo. Sinta-se à vontade para deixar suas dúvidas e sugestões nos comentários e compartilhar nosso conteúdo em suas redes sociais, ok?

Leia Também

Não fique para trás, mantenha-se atualizado sobre o universo digital

Agende uma reunião e conte seus objetivos

Nossos consultores irão mostrar como levar sua estratégia digital ao próximo nível.